Teste de ANTICORPOS TOTAIS Neutralizantes

O teste de anticorpos totais Anti-RBD S1 detecta anticorpos circulantes contra o sítio RBD-S1 do Sars- Cov-2.

A produção de anticorpos contra esta região do vírus, geralmente origina anticorpos neutralizantes (com capacidade de impedir a replicação do vírus, em caso de contato com o mesmo).

Trata-se de teste altamente sensível e específico, quando coletado a partir de 14 dias da última dose de vacina, bem como após 14 dias depois do início dos sintomas, no caso de infecção prévia/recente.

No entanto, devemos salientar que um teste positivo não deve ser considerado sinônimo de proteção contra infecção, uma vez que não há níveis correlatos de proteção de acordo com o título de anticorpos
detectados pelo ensaio. Além disso, deve- se considerar que tanto a infecção natural pelo Sars-Cov-2, bem como a vacinação, geralmente induzem resposta imune celular (células T) que aparentam ser outra
modalidade importante de proteção e que não é avaliada neste método.

Deve-se considerar também que o surgimento de variantes do Sars-Cov-2 constitui risco importante para reinfecção, uma vez que essas novas cepas podem ter neutralização reduzida por anticorpos gerados
por vacinação ou infecção prévia por outra cepa do vírus.